Você precisa ler isso antes de ir pescar robalo … MUITO BOM

Dicas muito boas para quem quer pescar robalo …

O robalo é uma espécie que desperta o interesse do pescador esportivo.

Pescar um robalo não é uma tarefa fácil: é um peixe conhecido por seu comportamento imprevisível, e, por isso, difícil de ser pescado.

Sim é um peixe complicado…mas o prazer em conseguir fisgá-lo recompensa todo o trabalho, não é mesmo?

Robalos podem atingir grandes proporções: há registros de espécies pescadas com peso superior a 20kg.

As espécies de robalos mais comuns de serem encontradas no Brasil são o robalo flecha e o robalo peva.

Então antes de sair para tentar pegar um bicho desse, confira alguns itens essenciais para conhecer bem a espécie e não precisar contar mais uma história pra turma!

Vamos lá …

O Robalo tem como sua espécie é diferenciada pelo número de escamas da linha lateral e de espinhos na nadadeira anal, e isso faz com que você já perceba que é um robalo.

A carne é muito apreciada, podemos encontrar diversas maneira de se preparar por ser muito procurada para o consumo.

Robalo é um predador então sabendo disso, esqueça massinhas e miçangas ele gosta mesmo é de outros peixes menores.

Esse peixe é muito esportivo e até pequenos costumam a dar uma briga boa.

Ele pode chegar até 13 kg (há registros de 24 kg) dependendo do local com tamanho entre 40 cm a 50 cm e possui cores prateadas.

Agora que a conversa fica boa… vamos falar das iscas

É possível pescar robalos tanto com iscas naturais quanto com iscas artificiais.

Se a opção for por uma isca natural, as mais utilizadas são camarão vivo, corrupto vivo, lambari, piaba, manjuba, mamarreis e barrigudinho.

O camarão é a fonte de alimento principal do robalo, por ele ficar de baixo de estruturas como galhadas, os camarões também ficam por lá, então os robalos tomam proveito disso, você pode ver vários vídeos na internet e os pescadores só utilizam camarão.

Em caso de falta de camarão é uma boa tentar o lambari, mas não é nada certo. Todo predador ataca ele para se alimentar, e não poderia ser diferente com o robalo.

Iscas Artificiais

É agora que começa a graça da pescaria.

Se você estiver em um lugar bom, que os robalos estão dando muita ação esqueça as iscas naturais, porque você vai acabar só alimentando a barriga dos bichos e nada de pegá-los.

O camarão artificial da muito resultado e uma das ferramentas mais aconselhadas para pegar robalo, só que você tem que ter uma variedade de tamanhos e cores de camarão para acertar o que o robalo está atrás.

O pescador pode optar por iscas de fundo, de meia-água ou de superfície, conforme a atividade do peixe.

A escolha da cor vai depender da água: em águas mais claras, use iscas de cor mais suave; em águas turvas, prefira iscas de cores mais fortes.

O camarão artificial você vai encontrar de várias cores e tamanhos, e dependendo o clima, cor de água e sua técnica ultra power e segredo que só você sabe, escolherá melhor o tipo de isca para aquele dia .

Alguns utensílios que você vai precisar para pescar Robalo

Vara de 17 a 20 libras, 5.8 até 6 pés;

Carretilha de perfil baixo;

Linha de multifilamento de 40 libras a 60 libras, se você usar uma linha muito pesada ela pode atrapalhar na ação da isca, fazendo com que os movimentos não fique exatamente do jeito que você quer;

Leader de 40 libras;

Snap – para facilitar na hora de trocar a isca, é necessário essa troca de isca quando se utiliza as artificiais, demos a dica de ter uma variedades de tipos de camarão e para que você não fique arrumando o material toda hora o Snap irá te ajudar em uma troca rápida.

A linha de multifilamento vai ser de muita ajuda, porque a ação dela é bem rápida e ajuda para ter a fisgada do peixe.

A … muito cuidado com as leis de pesca !

É comum que a pescaria seja impedida nos meses de reprodução da espécie, que acontece em novembro e dezembro.

Em alguns estados, há também a limitação de tamanhos permitidos.

No Paraná, por exemplo, os pescadores precisam respeitar o tamanho de no mínimo 40cm e máximo de 50cm para o robalo peva. Para o robalo flecha, as medidas ficam entre 60cm e 70cm.

Dicas Finais:

 

Algumas alterações climáticas podem interferir muito no seu comportamento. Ex: ventos, movimento das marés, temperatura, transparência da água, materiais em suspensão, pressão atmosférica, chuva, luminosidade, etc.

• Com a temperatura da água superior a 21 graus, o robalo torna-se ativo na superfície. Abaixo desta até aproximadamente 15 graus CC, pode ser encontrado à meia água e fundo. Temperatura inferiores a 10 graus CC geralmente é imprópria para o robalo.

• A pressão atmosférica é fundamental para a sua pesca, onde o ideal vai entre 1015mb e 1017mb.

• Tente praticar o pincho bem perto das estruturas e, se possível, dentro delas. É lá que o robalo costuma estar.

• Evite fazer barulhos nesse tipo de pescaria e procure aproximação lenta do local que vai pescar.

• Teste os tipos de isca, suas cores e a profundidade, até achar a que está dando mais resultados para aquele momento.

• Use a maré como sua aliada para levar a isca até a estrutura, pesque a favor dela.

Então pessoal, gostaram do manual? Mostre para aquele amigo que não pega nada rsrs..

 

Receba 5 dicas de como melhorar em até 74% o índice de sucesso nas suas pescarias com isca!

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *